31082020_skater
31082020_acrobatas

LINA BO BARDI É CONSAGRADA COM O LEÃO DE OURO

Foto: Bob Wolfenson - 1978

O reconhecimento pelo conjunto de obra para a primeira mulher brasileira e a primeira no mundo com obra construída foi recomendado pelo arquiteto Hashim Sarkis, curador da Biennale Architettura 2021, e aprovado pelo Conselho de Administração da Biennale di Venezia Veneza, 08 de março de 2021 – A arquiteta italiana naturalizada brasileira receberá – in memoriam – o Leão de Ouro Especial pela trajetória e conjunto de sua obra durante a 17ª Mostra Internacional de Arquitetura de La Biennale di Venezia. Segundo Hashim Sarkis, Lina Bo Bardi é a arquiteta que melhor representa o tema do evento deste ano Como viveremos juntos? / How will we live together?. “Sua carreira como designer, editora, curadora e ativista nos lembra o papel do arquiteto como construtor de visões coletivas. Ela também exemplifica a perseverança da arquiteta em tempos difíceis, sejam guerras, conflitos políticos ou imigração, e sua capacidade de permanecer criativa, generosa e otimista o tempo todo”, explica o arquiteto e curador sobre algumas de suas motivações para a nomeação.

ACESSE O TEXTO NA ÍNTEGRA NA PÁGINA DO INSTITUTO BARDI.

31082020_acrobatas

LETTURE RUZZANTE, O GRANDE ATOR DA RENASCENÇA

A Mandragola do Machiavelli é o texto comico da renascença italiana mais conhecido no Brasil, mas não é o único, muito pelo contrario, a comedia no século XVI foi um genero muito praticado. Seu autor mais significativo – pelo fato de ter sido também ator de seus textos – foi o Ruzzante, pseudonimo de Angelo Beoco, amado e citado muitas vezes pelo grande Dario Fo. Nesse vídeo, o diretor teatral Alvise Camozzi conta um pouco da sua história.